quinta-feira, 6 de agosto de 2009

# O VALOR DA NOSSA ARTE - PARTE I

Boa tarde amigas e amigos...sejam bem vindos!

Agora a pouco, enquanto uma nova idéia (sobre uma fofucha) surgia em minha cabeça e enquanto eu tentava visualizá-la, me peguei mais uma vez pensando sobre um assunto polêmico: O PREÇO DE PRODUTOS ARTESANAIS.

Se pararmos um tempinho em frente ao micro e fizermos uma busca pela WEB por "artesanato", encontraremos uma infinidade de tipos diferentes, de diversos preços e também, milhares de artesãs e artesãos muito dedicados aos seus belíssimos trabalhos, e isso é muito bom!

Só quem faz trabalho artesanal sabe o quanto é prazeiroso e que é uma sensação maravilhosa quando após horas e, muitas vezes, dias de dedicação e esforço, nós finalmente visualizamos a(as) peça(as) prontinha(as). Porém, nesse momento nos deparamos com um probleminha:

QUE PREÇO DEVEMOS COBRAR PELO PRODUTO FINAL?
O QUE LEVAR EM CONSIDERAÇÃO?
QUE CÁLCULOS FAZER?
SOCORROOOOO!!!

Acontece também de passarmos por algumas situações desagradáveis em que alguns clientes tentam nos "ajudar a solucionar esse problema" e resolvem "botar preço" no nosso trabalho, fazendo medições e cálculos dignos de um Prêmio Nobel de Matemática...rsrsrs. Sei que devemos levar em consideração diversos fatores ao cobrar por um produto ou serviço: a oferta e a procura, o tipo de clientela (renda média), a região geográfica, tipo/quantidade de material utilizado, qualidade do produto, etc, etc, etc... Ok, tudo isso é calculável matematicamente, mas...quanto devemos cobrar pela idéia?

Creio que essa resposta só pode ser dada de forma individual,
por nós que criamos e confeccionamos as nossas artes,
e que temos consciência de que nem sempre essa tarefa é fácil!

Enfim, para facilitar um pouquinho a nossa vida resolvi postar abaixo essa reportagem retirada de uma revista de artesanato, sobre como calcular e cobrar pelos nossos produtos. Entretanto, após calcular tudo o que é "calculável" e antes de finalizar e resolver que preço dar, sugiro que você se faça a seguinte pergunta:

QUAL É O VERDADEIRO VALOR DA MINHA ARTE?
Lembre-se: VALOR e PREÇO são duas coisas diferentes!


(foto copiada da página do orkut da Moninha - campanha contra a desvalorização da nossa arte).

Bjks, valorize-se, sucesso e boas vendas para nós!

6 comentários:

N's Artesanato disse...

Oi Não consegui visualizar(em tamanho legivel) a reportagem acima, poderia me mandar por e-mail? nairacmb@bol.com.br

E.V.A DA BECA disse...

Fiz minha primeira bonequinha com sua ajuda de uma apostila que vc deixou disponivel muito Obrigada sei que naum ficou ainda 100% , mais chego lá muito obrigada mesmo entra no meu blog pra ver ok Fique com Deus!
www.evadabeca.blogspot.com

Luciana Barbosa disse...

teu trabalho é lindo, e sua atitude de fornecer gratuiatamente um Pap foi formidavel,por isso te dou os parabens. Ainda vou aprender a fazer essas bonequinhas tambem pois estao me tirando o sono. E quanto a copiarem teu trabalho,é porq ninguem quer imitar o feio,mas concordo que os créditos deveriam ter sidos dados a vc.

Anônimo disse...

Olá, navegando em busca de informações sobre fofucha, vi sua aula virtual postada no inicio do ano. Com ela, finalmente confecc ionei minha primeira fofucha! Você, sua aula, seu trabalhos, está tudo de PARABENS! E obrigada pela ajuda. Gostaria de mostrar as fotos, como faço, envio por e-mail? cristinepontes@hotmail.com Barbacena MG

Maria Joaninha by Cidinha disse...

Clau amada, obrigada pelo comentario e respondendo a sua pergunta, aquele lugar é aqui mesmo em Fortaleza. bjs

Marcia disse...

Olá,meu nome é Márcia e amo de paixaõ artesanato, e é com voce que consegui aprender a confeccionar estas lindas bonecas em E.V.A, eu não atenho condiçoes de pagar um curso, no momento pra mim é muito caro, pois estou desempregada. E vc me ensinou e me inspirou a fazer estas bonecas, falta agora eu ter coragem e sair para vender.
PARABENS!!! e OBRIGADA!

Atalhos

Related Posts with Thumbnails